quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Porque é que tudo se esgota menos a saudade?

Como é que pode sentir tanta falta de alguém que vive dentro de nós? 
Gostava tanto de conseguir responder a esta e a mil e uma perguntas que habitam no meu pensamento.
Sufoca-me esta ausência. Não tens saudades minhas? Nossas... Como é que tudo pode ter acabado de um momento para o outro? Não consigo perceber nem aceitar...
A cada dia que passa esta tua falta mata mais um bocadinho de mim.
Ocupo o meu tempo com mil e uma coisas, mas quando chega o fim do dia, tudo volta ao meu pensamento e aqui estou eu a recordar-te. A procurar uma foto tua como se isso pudesse substituir a falta que me fazes. Respondo a perguntas que tu não me fazes... Porque é que tudo se esgota menos a saudade?
Tenho saudades tuas...demasiadas saudades tuas!
Desculpa, mas ainda te adoro!
Minda


Nenhum comentário:

Postar um comentário